O projeto Terapeutas da Alegria tem como objetivo principal auxiliar na formação de cidadãos conscientes preocupados com a qualidade de vida do paciente, capazes de abordá-lo de forma integral e transdisciplinar, colaborando para a melhoria do atendimento nos estabelecimentos de saúde e provendo a empatia. Além disso, há preocupação em integrar os acadêmicos de diversos cursos, enfatizando a importância do trabalho inter e transdisciplinar e da abordagem integral e generalista ao paciente; promover a prática de saúde preventiva em instituições que abrigam crianças carentes; estimular a prática de trabalho voluntário; incentivar e promover pesquisa na área de atendimento humanizado e influência de atividades lúdicas com pacientes hospitalizados, profissionais de saúde, funcionários e acompanhantes.

Para tais fins, utilizamos a musicoterapia, o teatro clown, a expressão corporal e o bom humor como ferramentas facilitadoras nas relações de interação, implementando o vínculo entre o comunicador ("terapeutas") e o receptor (pacientes, acompanhantes, profissionais de saúde, funcionários e os próprios acadêmicos), o que facilita o alcance do objetivo proposto.

Os objetivos mais específicos que estão sendo trabalhados em nossas atividades: diminuir o estresse sofrido pelos pacientes em processo de tratamento; diminuir o receio presente principalmente nas crianças, ao se depararem com profissionais da saúde; propiciar momentos de descontração e alegria aos pacientes, acompanhantes, bem como aos profissionais da saúde; utilizar o riso, a música e o teatro como ferramentas auxiliares no estabelecimento da comunicação entre profissionais da saúde e pacientes; incentivar os profissionais da saúde a promover um ambiente de bem estar aos pacientes; evidenciar a importância da relação afetiva adequada que deve existir entre profissional da saúde e paciente; integrar acadêmicos de diversos cursos, cultivando o espírito de interdisciplinaridade; e, estimular nos participantes do grupo o trabalho voluntário.